Expressões Populares e Seus Significados


Mariana Lapeloso
Mariana Lapeloso
Caçadora de memes

1. Fazer uma Vaquinha

Uma das expressões mais conhecidas pra galera que gosta de dividir as despesas e ajudar um ao outro a comprar alguma coisa, seja comida, pagar uma viagem ou algo do tipo. A expressão foi criada pela torcida do Vasco, em 1920, quando os torcedores arrecadavam dinheiro para dar aos jogadores em caso de vitória, isso porque nesta época a nota de cem cruzeiros era chamada de "vaca".

Exemplo:

Vamos fazer uma vaquinha para você ir para a praia com a gente, não se preocupe.

2. Época das Vacas Gordas/Magras

Essa expressão é bastante utilizada para se referir ao período de fartura ou de escassez. O termo foi retirado da Bíblia, em que José interpreta um sonho que um Faraó teve, em que sete vacas gordas eram devoradas por sete vacas magras. Segundo José, isso significaria sete anos de prosperidade, seguido por sete anos de problemas na economia.

Exemplo:

Na época das vacas gordas, eu podia pedir iFood toda hora.

Estamos passando por uma época de vacas magras, mas vai dar tudo certo!

3. Arroz de Festa

O arroz de festa é um expressão muito usada para indicar alguém que está em todos os eventos possíveis. Isso porque no século XIV, o arroz doce era uma sobremesa obrigatória em festas, tanto em Portugal quanto no Brasil.

Exemplo:

Gente, mas vocês são muito arroz de festa. Estão em tudo…

4. Chato de Galocha

A galocha é um tipo de calçado de borracha que é usada como proteção em dias de chuva. Por ela ser bem reforçada para não molhar os pés, o chato de galocha seria uma pessoa praticamente insuportável e com uma resistência pra chatice fora do normal.

Exemplo:

Meu pai, aquele garoto é um chato de galocha. Ele não sai do meu pé.

Você está sendo um chato de galocha hoje, curta a festa.

5. Salvo pelo Gongo

Essa expressão significa quando você é salvo de algo no último instante. A expressão pode ter surgido graças aos lutadores de boxe, que eram ‘salvos’ ao soar do gongo no final de cada round das lutas.

Exemplo:

Menina, eu fui salva pelo gongo. Eu achei que ia ter que apresentar o trabalho hoje.

6. Nem que a Vaca Tussa

O termo é bastante comum para se referir a algo praticamente impossível de acontecer. Ninguém sabe a origem verdadeira da expressão, já que vacas podem tossir iguais aos seres humanos. Mas estudiosos acreditam que a frase pode ter sido criada porque os humanos podem pegar doenças respiratórias de modo mais fácil que os bovinos, principalmente no inverno.

Exemplo:

Mas nem que a vaca tussa. Você vai nessa festa sim, tá louca de ficar em casa?

7. Santo do Pau Oco

Muitas pessoas usam esse termo para se referir a pessoas que são falsas ou que fingem ser o que não são. A expressão surgiu na época em que o Brasil Colonial aplicava muitos impostos sobre ouro e outras riquezas, então para despistar, os mineradores usavam santos com fundos ocos para esconder esses pertences.

Exemplo:

Esse aí é santo do pau oco, tem que tomar cuidado com o espertalhão.

8. Fazer Ouvido de Mercador

Essa expressão significa ignorar alguém por decisão própria. E isso acontece porque os mercadores gritavam tanto para anunciar seus produtos que quando alguém puxava assunto com eles, eles estavam indiferentes, pois não conseguiam ouvir as pessoas direito ou ignoravam propostas absurdas sobre suas mercadorias.

Exemplo:

Eu estou aqui falando e você fazendo ouvido de mercador? Deixa pra lá!

9. Meia-Tigela

Geralmente, essa expressão vem acompanhada com algum outro complemento, como cabeça de meia-tigela. Ela significa algo de qualidade insignificante. Surgiu na época da monarquia portuguesa, quando os empregados tinham suas tigelas preenchidas de acordo com seu cargo hierárquico. Se fosse uma posição inferior, o empregado teria apenas meia-tigela para comer.

Exemplo:

Você é insuportável, sua pirralha de meia-tigela.

10. Meter o Bedelho

A expressão ‘meter o bedelho’ significa se intrometer onde não é chamado, ou dar opinião em algo que não foi pedido. Esse termo surgiu por conta do jogo de cartas, já que o bedelho é uma carta que não tem importância por não fazer diferença no jogo.

Exemplo:

Não meta o bedelho onde não é chamado. Guarde sua opinião para si.

Tá vendo, foi dar pitaco, meter o bedelho na conversa dos outros… Se deu mal.

11. Puxa-Saco

Uma pessoa ‘puxa-saco’ é aquela pessoa que tenta agradar alguém em troca de algo material. A expressão surgiu nos quartéis, quando soldados de baixa patente precisavam carregar sacos de suprimentos dos seus superiores durante viagens.

Exemplo:

Aff, hoje é dia da Maria puxar o saco do professor na sala.

12. Terminar em Pizza

Utilizado para expressar acontecimentos errôneos, mas que terminarão sem nenhum tipo de punição, o termo surgiu no futebol. Isso porque depois de 14 horas de reunião, os dirigentes do Palmeiras sentiram fome e a reunião foi finalizada em uma pizzaria.

Exemplo:

Todo mundo achou que estava lascado, que ia tomar advertência. Mas no fim, acabou em pizza e geral foi embora de boa.

13. Matar Cachorro a Grito

A expressão significa alguém que está desesperado por algo, a ponto de fazer qualquer coisa. Ela surgiu por conta dos cachorros que têm a audição mais sensível que a de seres humanos. Por isso, um barulho muito estridente poderia levar o cachorro ao desespero a ponto dele se bater na parede.

Exemplo:

Pare de matar cachorro a grito, espere um pouco que você consegue!

14. Amigo da Onça

Essa expressão remete a alguém que não é tão confiável e que coloca os outros em situações embaraçosas. O termo surgiu na década de 60, devido as charges do cartunista Péricles Albuquerque Maranhão, publicadas na revista O Cruzeiro. O personagem chamado Amigo da Onça era pouco confiável e colocava seus amigos em situações nada agradáveis.

Exemplo:

O João? Esse é amigo da onça, fica esperto se não sobra pra você também…

15. Paredes Têm Ouvidos

A expressão é usada quando uma pessoa pede para que outra fale baixo, uma vez que alguém pode escutar a conversa alheia. O termo pode ter surgido por conta da Rainha Catarina Medicis, que furava as paredes para ouvir pessoas das quais suspeitava que seriam protestantes franceses.

Exemplo:

Fale baixo, as paredes têm ouvidos e logo vão descobrir que você está namorando.

16. Pagar o Pato

Quando dizemos que vamos pagar o pato, significa que levamos a culpa por algo que não fizemos. Ela surgiu de um conto italiano sobre um camponês que queria vender um pato a uma moça, porém por não ter dinheiro, ela acaba oferecendo sexo. O marido da moça chega em casa e encontra os dois discutindo. Quando perguntou o motivo da briga, o camponês diz que ainda faltava uma quantia para o pagamento do bicho, fazendo com que o marido traído pagasse pelo pato.

Exemplo:

Fui ajudar e acabei pagando o pato. A bronca sobrou toda pra eu aguentar.

Viu, eu disse que você ia pagar o pato. Bem feito.

17. Chutar o Balde

Essa expressão significa algo como se rebelar por estar cansado de fazer as coisas de um modo, largar de mão quando não está feliz em uma situação. A expressão pode ter sido criada por conta do coice que a vaca dá no balde de leite quando não está muito contente com a ordenha.

Exemplo:

Chega, eu vou chutar o balde nesta prova e ver no que dá.

18. Colocar a Mão no Fogo

Dizer que você coloca a mão no fogo por alguém significa que você protege essa pessoa a todo e qualquer custo, independente das consequências. A expressão surgiu na época da Santa Inquisição quando eles queimavam a mão do possível herege para comprovar se ele era um bruxo ou não.

Exemplo:

Eu não coloco minha mão no fogo por ninguém. Já pensou?

19. Rodar a Baiana

Rodar a baiana significa que você irá criar confusão em público, gerar um escândalo. O termo teria surgido na década de 20 durante os carnavais na Bahia, como alguns engraçadinhos beliscavam o bumbum das mulheres, alguns jogadores de capoeira se vestiam de baiana e ao serem alvos dos malandros, eles davam um golpe de capoeira. Quem via de fora, conseguia ver a baiana rodando.

Exemplo:

Ah, mas se ele não devolver meu dinheiro, eu vou rodar a baiana!

20. Tirar o Cavalinho da Chuva

Essa expressão significa para tirar qualquer ideia da cabeça, porque ela não irá acontecer. Ninguém sabe ao certo como ela surgiu, mas acredita que foi na época que os cavalos eram a principal forma de transporte no Brasil e os animais ficavam amarrados na frente das casas debaixo de chuva. Quando o anfitrião da casa gostava da visita, ele dizia para o visitante tirar o cavalo da chuva e ficar um pouco mais.

Exemplo:

Tire seu cavalinho da chuva, ninguém vai pra praia sem comer.

21. Madalena Arrependida

Representa alguém que está arrependido de algo ou que mudou drasticamente em sua vida. A expressão vem da Bíblia, por conta de Maria Madalena, que tinha uma vida ruim e mudou para seguir Jesus Cristo.

Exemplo:

Ela é uma Madalena arrependida. Mudou os hábitos alimentares e tudo…

Não se faça de Madalena arrependida, que eu sei que você quis comer o bolo.

22. Entregar de Bandeja

Quando entregamos algo de bandeja, quer dizer que estamos entregando algo sem resistência, fácil demais. Essa é outra expressão que surgiu na Bíblia, quando a neta de Herodes Antipas pediu a cabeça de João Batista em uma bandeja.

Exemplo:

Não acredito que você vai entregar de bandeja seu sonho? Lute por ele, oras!

23. Tirar de Letra

É uma expressão futebolística que significa fazer algo muito bem feito. Ela é relacionada ao passe chamado “letra”, de perfeita ou fácil execução.

Exemplo:

Essa prova foi moleza, eu tirei de letra!

24. Casa da Mãe Joana

Expressão para dizer sobre um lugar desorganizado, desarrumado ou que todos podem entrar sem nenhuma dificuldade. A expressão foi criada devido a um decreto da Rainha de Nápoles, chamada Joana, que foi acusada de participar do assassinato do marido. Para se esconder, ela assinou um decreto que regulamentava os bordéis da cidade em que vivia.

Exemplo:

Isso aqui tá uma zona, parecendo a casa da mãe joana. Ninguém limpa!

25. Lágrimas de Crocodilo

Utilizada para falar sobre um choro fingido, um choro que não existe. Essa expressão surgiu de um comportamento dos crocodilos, que enquanto devoram suas presas, acabam chorando.

Exemplo:

Nem venha com essas lágrimas de crocodilo para o meu lado. Você não vai ao passeio.

26. Onde Judas Perdeu as Botas

Expressão que fala sobre um lugar muito longe, praticamente inacessível. Criada também a partir da Bíblia, em que conta que após trair Jesus, Judas se matou enforcado em uma árvore e quando encontraram seu corpo, ele estava sem as botas (onde estaria o dinheiro que ele ganhou por entregar Cristo). Os soldados decidiram ir atrás dos calçados, mas ninguém sabe se foi encontrado ou não.

Exemplo:

Esse show é onde Judas perdeu as botas, vocês querem ir mesmo?

27. Chorar as Pitangas

Quando você chora muito, vive se lamentando pelos cantos, quer dizer que você está chorando as pitangas. A expressão é uma referência abrasileirada de uma frase portuguesa, que diz “chorar lágrimas de sangue”. A pitanga por ser redondinha e vermelha, seria a representação ideal da frase.

Exemplo:

Ela sempre chora as pitangas quando vê o Instagram do ex.

28. Custar os Olhos da Cara

Quando você acha algo muito caro, com um valor exorbitante, geralmente é dito que aquilo custa os olhos da cara. A expressão teria surgido graças a história de um dos conquistadores da América, que teria perdido seu olho na tentativa de invadir o território dos Incas.

Exemplo:

Meu Deus, é só uma blusa. Está custando os olhos da cara…

29. Mudar da Água para o Vinho

Essa expressão remete a algo que mudou drasticamente, que teve uma grande reviravolta. Sua origem se dá a um dos primeiros milagres de Jesus Cristo, que transformou água em vinho.

Exemplo:

Ele mudou da água pro vinho. Nem parece o mesmo homem de antes.

30. Ter o Rei na Barriga

O termo é usado para falar sobre alguém arrogante, que se acha mais do que o outro. Essa expressão foi criada ainda nos tempos de monarquia, quando a Rainha grávida, que carregava o herdeiro do trono em seu ventre, acabava sendo mimada demais pelos servos e vista como arrogante pelos outros.

Exemplo:

Eu odeio gente que tem o rei na barriga, é igual a todos nós e quer aparecer. Eu hein…

31. Sair Melhor que Encomenda

A expressão significa quando algo sai melhor do que se imaginava. Remete a encomenda, pois ela é feita sob medida, perfeita para quem pediu.

Exemplo:

Hoje acordou cedo pra treinar. Tá saindo melhor que encomenda, hein?

32. Beber do Próprio Veneno

Significa experimentar de algo que você já fez para o seu próximo, possivelmente algo ruim. Não se sabe como a expressão foi criada, mas estudiosos dizem que pode ter sido na Grécia Antiga, onde era um hábito matar os inimigos colocando veneno em suas bebidas.

Exemplo:

Você quis ser malvado com a sua irmã, experimentou do seu próprio veneno.

Ela bebeu do próprio veneno. Não mandei ela dedurar a gente pra professora.

33. Dar a Cara a Tapa

Essa expressão é usada para falar sobre alguém que enfrenta tudo sem medo das consequências. A expressão pode ter sido originada devido a uma passagem da Bíblia em que diz que se alguém lhe der um tapa em sua face, você vira a outra.

Exemplo:

Você vai dar a sua cara a tapa para defender esse trabalho, né?

Não dê sua cara a tapa se não for aguentar os perrengues depois.

34. De Grão em Grão, a Galinha Enche o Papo

Uma expressão que significa que a cada passo que damos iremos conquistando mais coisas, que não é preciso ficar afobado em chegar até onde queremos rapidamente. A expressão vem da forma com que as galinhas se alimentam, comendo de grão em grão até se sentirem satisfeitas.

Exemplo:

Não se apresse, você irá se formar. De grão em grão, a galinha enche o papo.

35. Colocar a Carroça na Frente dos Bois

Quando alguém te disser que você está colocando a carroça na frente dos bois, significa que você está agindo de forma precipitada, sem organização. Pode ter surgido na época em que as carroças eram um dos principais meios de transporte e quando colocado na frente dos bois, eles empacavam.

Exemplo:

Amiga, eu acho que você está colocando a carroça na frente dos bois. Deixe ele se explicar…

36. Para Bom Entendedor, Meia Palavra Basta

Uma das expressões mais conhecidas, ela significa que não precisa de muito para que o interlocutor entenda do que se trata. Apesar de não saber a origem, uma das versões mais famosas, que ajudou na criação da frase brasileira, foi a de Miguel de Cervantes em Don Quixote, que diz “A buen entendedor, breve hablador”.

Exemplo:

Eu não vou dizer muita coisa. Para bom entendedor, meia palavra basta.

37. Quem Não tem Cão, Caça com Gato

Expressão usada para dizer que se não tem uma maneira de se fazer algo, você encontra outra saída. O importante é dar certo. A expressão foi criada por conta que cachorros podem ser ótimos caçadores, mas que gatos são astutos e podem obter êxito nas caçadas também.

Exemplo:

Eu ia com uma roupa, mas não achei. Com quem não tem cão, caça com gato, eu criei uma fantasia nova.

Veja mais significados:

Mariana Lapeloso
Mariana Lapeloso
Estudante de jornalismo e caçadora de memes nas horas vagas.