Gírias Paulistas: 49 gírias mais usadas em São Paulo


Revisão por Taysa Coelho
Escrito por Thaís Stein

Quando pensamos em paulistas, logo nos lembramos de “meu” ou “mano”, não é mesmo? Mas no dia a dia dos paulistas existem outras gírias superconhecidas.

Veja então nossa lista com 49 das expressões mais usadas em São Paulo e como usá-las.

1. Bagunçado

Falar que alguém está “bagunçado” é o mesmo que dizer que ele está bêbado.

Ih, aquele seu amigo ali está bagunçado já.

2. Balada

Pode ser usado para falar sobre qualquer festa ou lugar animado. Até mesmo ir para a casa de amigos pode ser considerado balada.

Partiu balada lá na pracinha hoje.

3. Bang

Essa gíria pode ser usada para descrever praticamente qualquer situação. Pode ser um substituto para a palavra "coisa".

Vamos comer um bang?

Vou comprar um bang ali na rua.

Que bang é esse na sua cara?

4. Bater uma xepa

Significa comer.

Já estou indo, só vou bater uma xepa ali rapidinho.

5. Bater uma laras

É o mesmo que comer algo. Também pode ser dito “bater uma larica”.

Estou louco para bater uma laras.

6. BO

Significa problema. A expressão vem da sigla policial para "Boletim de Ocorrência".

Ih, deu mó BO lá em casa hoje.

7. Bugado

É dito que alguém está bugado quando está perdido, sem entender nada.

Marcos está todo bugado hoje, não entende nada do que eu falo.

8. Camelar

Significa andar a pé.

Vou camelando para o trabalho hoje.

9. Cerva, gelada, breja

Essas três gírias são usadas para falar de cerveja.

Vamos tomar uma breja hoje?

10. Colar

Significa ir em determinado lugar.

Vai colar lá na festa do Pedro amanhã?

11. Cota

Cota é o mesmo que tempo.

Você demorou mó cota para chegar, hein?

12. Daora ou Da hora

É o mesmo que muito legal, bacana, divertido. A gíria é sempre usada para indicar algo positivo.

O filme que eu assisti ontem era daora.

13. Dar o corre

Significa resolver algo. Também pode se dizer “fazer o corre”.

Vou dar um corre lá no banco hoje.

14. Dar um pião

Significa o mesmo que dar uma volta.

Vamos dar um pião amanhã?

15. Dar PT

Essa é uma sigla para Perda Total. É usado para quando alguém bebe tanto que passa mal.

Viu que a Mariana deu PT ontem?

16. De lei

É usado para falar sobre algo que acontece sempre, com frequência.

Cervejinha sexta à noite é de lei.

17. Desenrolar uma fita

Significa resolver algum problema ou situação.

Preciso ir à casa da minha mãe desenrolar uma fita hoje.

18. Dois palitos

Algo rápido, que vai ser resolvido depressa.

Relaxa, eu faço aquele trabalho em dois palitos.

19. Embaçado

Dizer que uma situação ou lugar está embaçado é o mesmo que falar que é perigoso, difícil. Quando é usada em relação a uma pessoa, pode indicar que ela está atrapalhando algo.

Aquela rua é meio embaçada, melhor não passar ali.

O João está embaçando meu lance com a irmã dele.

20. Faz uma cara

É o mesmo que faz muito tempo. Paulistas também podem dizer “faz uma cota”, "miliano” ou “mili duque”.

Faz uma cara que não te vejo.

21. Fechou

Significa combinado.

- Bora sair hoje à noite?

- Fechou.

22. Foi mal

É o que os paulistas dizem quando querem pedir desculpas por algo.

Foi mal por não ter aparecido ontem.

23. Goma

É o mesmo que casa, lar.

Cola lá na minha goma mais tarde.

24. Mandrake

A gíria se popularizou com o funk paulista e é usada para definir uma pessoa ou algo cheio de estilo.

Aquele mano da rua de baixo é mandrake.

Esse pisante aí é mandrake.

Significado de mandrake e mandraka: entenda a gíria mais estilosa da internet

25. Mano do céu

Expressão de espanto. Modo paulista de falar que pode substituir “meu Deus do céu”.

Mano do céu, não acredito no que eu vi.

26. Mano

Modo de chamar alguém. Seria o mesmo que “cara” ou “brother”, e pode ser usado para falar tanto com homens quanto com mulheres.

Como você está, mano?

27. Meter o louco (ou meter o loco)

Significa fazer algo inconsequente, que ninguém espera, sem pensar muito.

Estou querendo meter o louco hoje.

28. Miado

Dizer que um evento está miado significa que está desanimado, ruim, um fracasso. Também se pode dizer que algo vai miar quando as expectativas não são das melhores.

Aquele show de ontem foi miado.

29. Migué

É o mesmo que mentira, conversa mole. Também pode ser usado na expressão "dar um migué", que significa enganar.

Nem vem com migué para cima de mim, que eu sei o que você fez.

30. Moiô

É o mesmo que falar que algo deu errado.

Moiô aquela saída de amanhã, vou ter que estudar.

31. Moscando

Significa que alguém está por fora, desatento, vacilando.

Se ficar moscando assim, vai acabar perdendo dinheiro.

32. Na faixa

É o mesmo que de graça, 0800.

A festa de amanhã é na faixa.

33. Padoca

Padoca significa o mesmo que padaria.

Vou passar na padoca, quer alguma coisa?

34. Parça

É o mesmo que amigo, parceiro.

E aí, meu parça?

35. Partiu

Significa o mesmo que “vamos lá” ou “combinado”.

- Partiu viajar este final de semana?

- Partiu!

36. Passar batido

É o mesmo que passar despercebido ou se livrar de alguma situação.

Passei batido lá em casa hoje, nem falei com ninguém.

37. Pisante

Para paulistas, pisante é o mesmo que sapato.

Esse pisante é novo?

38. Pistola

Estar pistola significa ficar nervoso com algo ou alguém.

Estou pistola com o meu namorado.

39. Quebrada

É o mesmo que lugar, bairro ou vizinhança.

Pode colar lá na minha quebrada mais tarde?

40. Queijo

É como os paulistas chamam alguém muito paquerador, que dá em cima de todas as pessoas que conhece.

Sério que você está a fim dele? O cara é o maior queijo.

41. Rolê

Rolê é mesmo que festa, que sair. Mas a gíria também pode ser usada para falar de alguma situação que dê muito trabalho, que é complicada.

Vamos dar um rolê hoje à tarde?

Maior rolê aquela sua relação com a menina, hein?

42. Rolezinho

Rolezinho é uma saída mais de leve, tipo juntar com os amigos para ir comer ou passear no shopping.

Vai ter rolezinho no shopping este fim de semana.

43. Se pá

O mesmo que talvez, se der, quem sabe.

Se pá, eu colo no rolê mais tarde.

44. Tá me tirando?

É o mesmo que dizer “Você está brincando?”. Usado quando não gosta do comportamento de alguém e vai tirar satisfação.

Vai falar assim comigo, é? Tá me tirando?

45. Tá osso

Pode ser usado para falar que algo ou alguma situação está difícil.

Aquela prova de ontem estava osso.

46. Ter moral

Ter moral é o mesmo que ter coragem.

Tem moral de chegar naquelas minas comigo?

47. Tio

A gíria é usada para chamar uma pessoa, do mesmo jeito que “mano” ou “brother”.

E aí, tio, vai trabalhar hoje?

48. Trombar

Trombar é o mesmo que encontrar com alguém.

Trombei com o Carlos ontem na rua, ele está muito diferente.

49. Zika

Curiosamente, zika pode ser usado expressar tanto algo muito bom quanto ruim. É preciso levar em conta o contexto e a entonação de quem fala para saber se o comentário é positivo ou negativo.

Sendo assim, pode ser o sinônimo de uma pessoa, evento ou coisa muito legal, top, melhor de todas. Mas também ode ter o sentido de problema, encrenca e confusão.

Fica longe dele, esse maluco é zika.

Que festa zika! Não quero ir embora.

Veja também:

Atualizado em
Taysa Coelho
Revisão por Taysa Coelho
Movida pela curiosidade, adora conhecer coisas novas e acredita que, por isso, se tornou jornalista. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e maratonar séries. Carioca formada pela UFRJ, atualmente vive em Portugal, país que adotou.
Thaís Stein
Escrito por Thaís Stein
Formada em Publicidade e Propaganda pela Universidade Federal do Espirito Santo (UFES).