Bugar


Mariana Lapeloso
Mariana Lapeloso
Estudante de Jornalismo

Bugar é uma gíria para retirada da palavra americana bug. Ela significa defeito, falha e é usada para falar sobre algo que parou de funcionar naquele instante. É muito comum também usar a gíria para expressar confusão ou esquecimento momentâneo.

Tela azul que representa o bug

A expressão antes de se tornar popular nas redes, era bastante usada por jogadores, sejam de consoles ou de PC. A gíria era falada quando dava algum problemas nos games e eles travavam ou paravam de funcionar sem motivo aparente.

É muito comum os derivados da gíria também aparecerem, como bugado e buguei. A expressão se popularizou tanto que hoje é uma das gírias mais fáceis de serem identificadas na internet.

Exemplos:

Nossa, repete. Eu buguei!

Saí do jogo porque ele bugou.

Você é muito confuso! Isso vai bugar minha mente.

Ao se tornar popular, a gíria bugar se fez presente na vida de muitas pessoas que aderiram a expressão.

De onde vem o bugar?

A expressão bugar deriva da palavra americana bug, que traduzida literalmente remete a inseto, mas não tem nada a ver com isso. O bug é uma forma de expressar algo que deu falha, defeito, que não está funcionando direito.

Alguns historiadores afirmam que a palavra bug ganhou um sentido ligado as falhas em 1878, quando o cientista Thomas Edison teve problemas em seu fonógrafo, causados por insetos.

Thomas Edison

Porém, foi 1946 que a palavra bug ganhou um sentido literal entre os insetos e a tecnologia. O primeiro computador foi invadido pelos bichos, que foram atraídos por sua luminosidade e isso acabou provocando um grande curto circuito na placa do aparelho.

Ainda há também a história de que quando o milênio mudasse, da década 1900 para 2000, muitos computadores não reconheceriam a data.

Isso causaria uma grande pane e deixaria muitas informações bagunçadas, já que acreditava-se que por ser representado por dois dígitos, 1985 = 85, quando o milênio virasse, os computadores confundiriam o ano 2000 com 1900.

E aí, já bugou hoje?

Confira outras gírias e expressões:

Mariana Lapeloso
Mariana Lapeloso
Mariana é estudante de jornalismo, geek, redatora e se arrisca a escrever algumas histórias em seu tempo livre.