Melhores memes brasileiros de todos os tempos


Taysa Coelho
Taysa Coelho
Jornalista

Alguns memes brasileiros marcaram toda uma geração! Eles podem surgir de qualquer lugar, seja de um programa de televisão, entrevista, ou mesmo vídeos que deram errado e foram divulgados na internet.

Como os brasileiros são uma máquina de fazer memes, fica até difícil escolher os melhores de todos os tempos para colocar em uma lista. Mas esses daqui, sem dúvida, merecem um lugar especial na nossa história dos memes.

Mó paz (2021)

MC Poze posando na beira da piscina com a farse Mó paz

O funkeiro Mc Poze jamais imaginaria que um simples mergulho na piscina geraria um dos memes mais populares de 2021. Dentro da água, com um copo de cerveja, o jovem diz: "Ah, mó paz! Como é que 'nós tá'? Tranquilão com a vida, graças a Deus. (Vou) dar até um mergulho”.

A filmagem continua com o rapaz sorrindo submerso, o que torna o vídeo ainda mais inusitado. Depois disso, uma imagem do artista relaxando na beira da piscina, com a frase "Mó paz" passou a ser usada em diferentes contextos.

Normalmente, é utilizada de forma irônica, para indicar um momento em que a tranquilidade está prestes a acabar. Ou para demonstrar que não está nem aí para quem acha que tá te incomodando.

Meme mó paz

Meme mó paz sobre os índios e a chegada dos portugueses ao Brasil
Reprodução/Baran Web

Pfizer (2021)

Gif meme da Pfizer

Conhecido como o "meme da Pfizer", o vídeo criado pelo ator Esse Menino é uma crítica bem-humorada ao governo brasileiro. O Estado teria deixado de responder 57 e-mails enviados pela empresa farmacêutica Pfizer com ofertas de vacina contra a Covid.

O humorista interpreta a marca em uma troca de mensagens com o Presidente da República, Jair Bolsonaro. Apesar de começar de forma cordial, a conversa vai tomando outro rumo, sendo essa mudança de humor um dos pontos altos do vídeo.

Com mais de 1 milhão de visualizações no YouTube, o filme tem bordões como "Tá passada?", "Beijinhos científicos" e, claro, "Pifaaaaizer", que viralizaram nas redes sociais.

Um pouco mais (2020)

Um pouco mais é uma frase do vídeo Tigas e os 300 de Esparta que virou um meme de sucesso na internet. A sátira do filme 300 foi feita a partir de uma apresentação do comediante Thiago Ventura.

Nela, o humorista diz o que responderia se fosse perguntado por sua tropa de 300 homens contra quantos soldados lutariam na guerra de Esparta (no caso, 30 mil). A combinação do olhar do ator Gerard Butler, intérprete do rei Leônidas, com o tom de voz de Ventura torna o conteúdo hilário.

O trecho passou a ser reproduzido e compartilhado nas redes sociais para responder de forma irônica a algumas perguntas.

Meme Um Pouco Mais

Meme Um pouco mais

Meme Um pouco mais

Meme do Pocoyo: Vai pa onde? (2019)

Meme do Pocoyo: Vai pa onde
Reprodução/Twitter

Já viu a imagem de um personagem vestido de azul, com a mãozinha na cintura e o texto “Vai pa onde”? Então, você conhece o meme do Pocoyo, o protagonista do desenho animado que leva o seu nome.

O bonequinho expressivo passou a ser usado no Twitter como uma forma irônica de se opor a uma possível participação do Brasil no conflito entre os Estados Unidos e o Irã. Depois, viralizou em outras redes sociais e segue sendo sucesso como figurinha do WhatsApp.

A montagem coincidiu com o ápice da pandemia do Coronavírus. A frase era simplesmente perfeita para questionar aqueles que queriam furar o isolamento social. Mais imagens do personagem com dizeres engraçados ganharam a internet, sempre com um tom de humor irônico.

Tweet com o meme Vai pa onde?

Tweet com o meme Vai pa onde

ata: o meme da Mônica (2016)

Meme ata da Turma da Mônica
Reprodução/Internet

Uma simples montagem com a capa de um gibi da Turma da Mônica se tornou um viral no Twitter em 2016. Nele, está a imagem da personagem Mônica sentada em um computador e, na tela, o texto Ata (a expressão "ah, tá" no estilo internetês).

O conteúdo passou a ser compartilhado sempre que alguém quer ser irônico em relação a algo que foi dito anteriormente. A ideia é transmitir desprezo, indiferença ou pouco-caso. O meme do Ata chegou a praticamente todas as redes sociais e ainda hoje é usado como adesivo no WhatsApp.

Além disso, ganhou diversas versões, inclusive uma com a Mônica “de verdade”.

Meme da Mônica no Computador com texto diferente
Reprodução/Internet
Meme do Ata com Pabblo Vitar
Reprodução/Internet
Meme do Ata com a Mônica de verdade
Mônica, que inspirou a personagem, reproduz o meme (Reprodução/Internet)

Nazaré Confusa (2016)

Gif do meme da Nazaré Confusa

A vilã Nazaré Tedesco foi um dos maiores sucessos da novela Senhora do Destino. Irônica, a personagem, interpretada pela atriz Renata Sorrah, tinha frases de efeito, autoestima elevada e um senso de humor sarcástico.

Apesar de o programa ter sido exibido em 2004, foi em 2016 que ela dominou a internet. A imagem da mulher pensando, com um olhar perdido, passou a ser compartilhada sempre que alguém se sentia desnorteado ou não entendia algo.

As versões mais populares do meme da Nazaré Confusa são em GIF e uma foto em que ela está cercada cálculos matemáticos complexos. O meme é tão bom que ultrapassou as barreiras do Brasil e conquistou outros países, como França, Rússia e os Estados Unidos.

Mundialmente, ficou conhecido pelo nome de Math Lady (Senhora da Matemática, em livre tradução).

Meme Nazaré Confusa

Meme da Nazaré Confusa

Pelézinho, o gênio da matemática (2014)

Neste meme, um menino chamado Lucas aparece respondendo a perguntas sobre matemática. A maioria das contas é bem simples, como "quanto é 2 + 1" ou "10 + 3".

Lucas, também conhecido pelo apelido de Pelézinho, erra quase todas as respostas. Ironicamente, a outra pessoa fica afirmando que ele acertou, dizendo um "acertô miseravi".

O vídeo com os erros do menino acabou viralizando e ele se tornou conhecido como o "gênio da matemática".

Quero café (2013)

Esse senhor ficou conhecido pela sua indignação. Durante uma entrevista sobre o tempo de espera em um hospital, ele invadiu a frente das câmeras para exclamar um pedido bem inusitado: QUERO CAFÉEEE!

Meio sem entender a própria explosão, faz mais algumas reclamações, sem conseguir encerrar a ideia direito. Por fim, ele pede desculpas e se retira.

Apesar da sua aparição muito rápida pela televisão, o velhinho estressado se consagrou na internet com meme. Seu grito "quero café" foi repetido muitas vezes pelos amantes da bebida.

Rei do camarote (2013)

O meme do Rei do Camarote surgiu de uma matéria produzida pela revista VEJA São Paulo, que mostrava os hábitos de paulistanos que costumavam esbanjar em festas de casas noturnas. Um dos entrevistados foi o empresário Alexander Augusto de Almeida, que afirmava gastar até 50 mil reais em uma única noite.

Durante a matéria, ele ensinou quais seriam os “10 mandamentos do rei do camarote”. Algumas dessas regras seriam: usar sempre roupas de grife, ter um carrão e ir para a balada com seguranças. O vídeo alcançou cerca de 4 milhões de visualizações em menos de uma semana.

Mas o que Alexander não sabia é que toda a sua ostentação iria virar meme. Frases como “agregar valor” e “champagne é status” acabaram viralizando nas redes sociais.

Serjão Berranteiro (2012)

Serjão Berranteiro viralizou na internet depois de uma entrevista para o canal TV Goiânia, onde ele mesmo se intitulava “matador de onça”. Durante a entrevista, o rapaz contou sobre sua coragem ao encarar o felino.

Alguns momentos marcantes, como o grito que ele solta para imitar a onça, ou quando ele toca seu berrante ficaram gravados na memória dos brasileiros. Esse é Serjão Berranteiro, que "com fé no pai eterno aqui está, firme e forte para seu berrante tocar".

Pedrão pão de batata (2011)

O meme do Pedrão pão de batata surgiu quando uma jornalista foi fazer uma matéria sobre hábitos alimentares de estudantes em uma universidade. Um dos entrevistados foi Pedro, perguntado sobre o que costumava comer e se achava aquilo saudável.

No meio da sua resposta, o universitário dá uma travada e sua pronúncia sai um tanto estranha. Isso, junto com a sinceridade e inocência de Pedrão, fizeram com que ele se tornasse um grande meme brasileiro.

Chico Feliz/Chico Sério (2010)

Meme Chico Buarque Feliz e Sério

O disco Chico Buarque de Hollanda, o primeiro da carreira do artista, foi lançado em 1966, mas pode ser visto facilmente ainda hoje nas redes sociais. A capa do álbum traz duas imagens do artista lado a lado: uma sorrindo e outra sério.

Segundo o cantor e compositor, em entrevista à série “Muito Prazer, Meu Primeiro Disco”, ele queria uma foto séria, que imprimisse respeito. Já a gravadora, preferia uma imagem dele sorrindo. O resultado foi uma capa com as duas opções.

Apesar do gosto duvidoso, os fãs de memes agradecem por essa decisão. A imagem passou a ser usada para representar situações em que a expectativa é diferente da realidade ou para opor duas situações.

Post de Chico Buarque no Instagram usando o próprio meme
Chico Buarque usou meme em seu primeiro post no Instagram (Reprodução/Instagram)

Meme Chico Buarque sério/Chico Buarque rindo

Meme Chico Buarque sério/Chico Buarque rindo

André Marques DJ (2010)

André Marques ficou conhecido no Brasil pelo personagem Mocotó, em Malhação. Mas foi como DJ que ele se consolidou como meme por aqui.

Em um vídeo em que o ator e apresentador aparece tocando em uma festa, suas expressões faciais roubam a cena. Isso sem falar nas danças, no modo como coloca o fone de ouvido e o cigarro pendurado na boca. Até mesmo o público do evento ajudou a fazer com que virasse um meme.

Logo quando viralizou, muitas pessoas criaram paródias, e o André Marques DJ virou até tema de fantasia de carnaval. O vídeo tem mais de 8 milhões de visualizações.

Fantasia inspirada no vídeo de André Marques DJ
Reprodução/Internet

Jeremias muito louco (2006)

Jeremias José é um dos primeiros ícones entre os memes brasileiros. Tudo começou quando o rapaz foi levado à delegacia por pilotar uma moto extremamente embriagado.

Aparentemente nervoso, soltou frases que ficaram famosas na época, como “se eu pudesse eu matava mil” e “foi o cão que butô pra nóis bebê”. Depois, mais calmo, o homem canta (quem não lembra do "Ei, ei, ei, sem você não viverei..."?).

O vídeo fica ainda mais engraçado quando o repórter decide entrevistar os policiais que o apreenderam. Um deles afirma que o motociclista foi multado por duas infrações: dirigir sem habilitação e documento atrasado. Conduzir bêbado nem aparece na lista!

Jeremias também parece não ter aprendido e apareceu bêbado mais algumas vezes na mídia. Contando todos os vídeos, "Jeremias muito louco" chegou a ter mais de 10 milhões de visualizações no YouTube.

Choque na Festa da Uva (2006)

Uma matéria de 1996, sobre a Festa da Uva de Caxias do Sul (RS), acabou virando um dos maiores memes nacionais. O jornalista Lasier Martins, do canal RBS TV, estava indo analisar umas uvas, quando, de repente, solta um grito “aai aai” e cai no chão.

Logo em seguida, pessoas começam a gritar e a imagem é cortada para a âncora do jornal. Apesar de parecer meio assustada, em seguida anuncia a entrada de uma matéria de esportes, como se nada tivesse acontecido.

Lasier tinha tomado um choque com a vitrine de uvas, que estava eletrificada, e acabou se ferindo. Mas as pessoas não perdoaram, e seu grito icônico e a reação da jornalista fizeram com que esse virasse um grande meme no Brasil.

Apesar de ter acontecido em 1996, o vídeo caiu nas graças da internet apenas em 2006, quando foi publicado no YouTube.

Sanduíche-iche (2005)

Esse meme surgiu quando a nutricionista Ruth Lemos deu uma entrevista para um programa da Rede Globo. Durante a matéria, Lemos se embaralhou com as palavras e acabou gaguejando tanto que, às vezes, mal dava para entender o que ela falava.

Entretanto, Ruth Lemos não era gaga. A confusão foi causada pelo ponto eletrônico, que estava com delay e a entrevistada ouvia com atraso tudo o que havia acabado de falar. A falta de experiência com uso do aparelho a confundiu, fazendo com que ela repetisse os finais das palavras que escutava no ponto.

O vídeo do “sanduíche-iche” teve mais de 500 mil visualizações no YouTube. A profissional aproveitou a fama repentina para tentar se eleger como deputada estadual em Pernambuco.

Veja também:

Taysa Coelho
Taysa Coelho
Movida pela curiosidade, adora conhecer coisas novas e acredita que, por isso, se tornou jornalista. No tempo livre, gosta de ir à praia, ler, ver filmes e maratonar séries. Carioca formada pela UFRJ, atualmente vive em Portugal, país que adotou.