Costas quentes


Quando se diz que alguém tem as “costas quentes”, quer dizer que ela tem contatos, pessoas poderosas e influentes que a protegem. Por isso, o termo geralmente é associado à corrupção e impunidade.

A expressão “costa quente” é muito usada no meio político, ou para falar de delitos, quando a pessoa não é punida por ter contatos.

Ninguém ousou votar contra o senador pois ele tem as costas quentes.

Aquele menino é um vândalo, mas nunca é preso porque é filho do delegado, tem as costas quentes.

Origem da gíria "costa quente"

Existem duas hipóteses principais para o origem do termo.

Uns defendem que a expressão “costas quentes” surgiu da época colonial, quando os fidalgos eram poderosos e obtinham vantagens por tudo. Esses fidalgos eram identificados por usar seus casacos grossos mesmo no calor do Brasil, e por isso a expressão costas quentes passou a ser usada para falar dessas pessoas com privilégios.

Outra teoria diz que a origem da gíria “costas quentes” se refere ao fato de ter alguém atrás de você, te protegendo pelas suas costas. E se possui alguém colado às suas costas, elas ficarão mais quentes

Veja também o significado da expressão pé quente.

Atualizado em