De vento em popa


De vento em popa é uma expressão popular usada para representar a ideia de que algo está correndo bem, com sucesso e que não poderia estar em melhor situação. 

Quando alguém diz que está "indo de vento em popa" significa algo positivo, ou seja, que está tudo bem. Esta metáfora é muito utilizada nas conversas do cotidiano. 

Arthur vai de vento em proa, passou em todos os concursos e ganhou na loteria.

Origem da expressão

Popa é o nome da parte de trás das embarcações. Quando o vento está soprando na parte traseira do barco, significa que as correntes de ar estão ajudando a empurrá-lo para frente (soprando as velas), facilitando assim a sua locomoção de maneira mais rápida.

Por outro lado, quando o vento está soprando para a proa (parte da frente), o barco encontra maior dificuldade para seguir o seu rumo. 

Deste modo, a origem da expressão "de vento em popa" é baseada nessa observação náutica. Se o vento está na popa, então é sinal de que tudo está bem.

Vento em popa ou Vento em poupa?

Muita gente confunde a correta grafia desta expressão, principalmente por causa do modo como é normalmente pronunciada. 

O correto é escrever "de vento em popa", a palavra "poupa" corresponde ao amontoado de penas (topete) que algumas aves têm. Já "polpa" é o nome dado a parte mais "carnuda" dos frutos e vegetais, por exemplo.

Assim, levando em consideração o significado de cada uma dessas palavras, não faria sentido a frase ser "de vento em poupa" ou "de vento em polpa".