Hipster


Hipster é a definição usada para pessoas que gostam de roupas, música, comida ou atividades que não são populares. São pessoas que buscam ser diferentes do padrão, rejeitando qualquer coisa que considerem popular demais.

Por isso, essas pessoas possuem um estilo próprio, e muitas vezes determinam novas tendências alternativas.

O estereótipo do hipster

Hipster

Geralmente o estereótipo do hipster é associado à jovens adultos de classe média, que compartilham certos interesses ou valores em culturas alternativas, principalmente música independente, filmes e arte. Essas pessoas rejeitam tudo que seja mainstream, ou seja, os costumes e moda que são seguidos pela maioria.

Devido a essa necessidade de ser diferente dos demais, o termo passou a ser usado também de forma pejorativa, para descrever alguém que quer desesperadamente manter uma imagem de "diferentes dos outros".

Ironicamente, como muitas pessoas se esforçam demais para serem diferentes, o perfil do hipster acaba sendo exatamente o mesmo, tanto para os gostos quanto estilo de se vestir.

Armadilha para hipster

Dentre alguns dos gostos mais “populares” entre os hipsters estão o interesse por gravadoras independentes, brechós, filmes cult, itens antigos, roupas vintage, café e cerveja artesanal, entre outros.

Origem do termo

Hip é uma gíria americana que significa “inovador” ou “descolado”. O termo é usado desde a década de 1940, e inicialmente era utilizado para descrever os jovens ricos e brancos que imitavam o estilo dos negros do jazz.  

Porém, nos anos 2000, a conotação de "hipster" passou por um período de transição. O termo que antes era usado para identificar quem gostava de cenas musicais independentes se tornou um rótulo depreciativo para descrever alguém que tenta ser diferente a todo custo. 

Na Internet, podem ser encontradas várias paródias utilizando o termo, como o caso do Ken Hipster, uma versão do Ken da Barbie que segue esse estilo.

novo ken mora em pinheiros, é vegano e curte bandas que ninguém conhece pic.twitter.com/4NIxBTcFsZ

— felipona (@alearmentano_) 22 de junho de 2017