Arroz


É chamado de arroz aquele indivíduo que só acompanha as mulheres, mas que nunca fica com nenhuma delas. A gíria se refere ao alimento, que geralmente é usado como acompanhamento e nunca como prato principal.

Exemplos:

Serginho é o maior arroz, não pega ninguém.

Gustavo é muito arroz, não larga do pé das meninas.

Outras gírias relacionadas com o termo arroz são “arrozeiro” e “arroz de festa”.

Arrozeiro

Arrozeiro é o sujeito que vive dando em cima de alguém, que nunca larga do pé. Só que de tanto “arroizar”, a menina acaba se irritando e geralmente fica com outro.

João é mó arrozeiro, não deixa a Ana em paz.

Arroz de festa

É chamado de arroz de festa aquela pessoa que está em todas as celebrações, que é sempre vista. A gíria surgiu por causa do costume de se jogar arroz nos noivos, ao fim dos casamentos.

Claro que o Mario ia aparecer, ele é o maior arroz de festa que eu conheço.

Veja também: